Home » Banner Principal Home Page » Pintura de rodas: alternativa para mudar o visual do carro gastando pouco

Pintura de rodas: alternativa para mudar o visual do carro gastando pouco

Uma das alternativas para mudar o visual do veículo e cuidar do automóvel é a pintura de rodas.

Além de dar um toque mágico, a técnica é ideal para aqueles que preferem gastar pouco. Isso porque você pode fazer a pintura em uma oficina ou se preferir, até em casa, sozinho. É um projeto que dá para encarar até no fim de semana.

Para que você conheça essa técnica, nós da Connect Parts preparamos este post. Leia com atenção e aprenda tudo sobre pintura de rodas!

O que é a pintura de rodas?

A pintura de rodas é uma técnica que serve para dar uma “cara” nova ao automóvel. É um recurso para aquelas pessoas que desejam gastar pouco e que querem ter um carro personalizado.

Essa técnica é muito comum nos Estados Unidos e na Europa. Por lá, os amantes de automóveis inventam diversas maneiras para dar aquela renovada na aparência do carro.

Há dois momentos em que a pintura de rodas pode ser feita.

O primeiro é quando você está cansado do estilo das rodas e decide levar seu carro a uma empresa especializada para fazer o serviço. O segundo, quando há necessidade de fazer um reparo nas rodas. Isso acontece devido a um desgaste, arranhão ou até mesmo um amassado.

Mas o que importa mesmo é que você fará um excelente trabalho e terá um veículo com uma nova aparência e ainda mais bonito.

Quais os tipos de pintura de rodas?

Há vários tipos de pintura que podem ser feitos nas rodas. Confira alguns:

Pintura Simples

Como o próprio nome diz, essa é a forma mais simples de personalizar as rodas. O processo é feito da mesma maneira que na pintura automotiva. Pode ser usada tinta spray convencional, pintura magnética em estufas ou por imersão.

Essa é a técnica utilizada pela maioria das fábricas de automóveis.

Water Transfer Printing

Conhecida como Hidro Dipping ou Pintura Hidrográfica, essa técnica já não é uma novidade em relação a customização. Acredita-se que ela foi criada no Japão, na década de 70. A arte também era usada para customizar guitarras, capacetes e outros artigos.

Em relação as rodas dos automóveis, uma película imersa em água era utilizada pelos especialistas em pintura. Depois disso, eles misturavam um produto e diluíam a película para mergulhar a roda.

Com aproximadamente 10 minutos, a pintura estava seca e pronta para receber um verniz protetor.

Além de ser de fácil aplicação, era possível desenhar qualquer coisa na roda. Outra vantagem é que a durabilidade do trabalho é a mesma que uma pintura automotiva comum.

Diamantagem

A Diamantagem é outra técnica procurada. Este trabalho é realizado com uma ferramenta chamada de torno copiador.

O processo começa lixando a pintura superficial e o acabamento externo das rodas. Com isso, tem-se um aspecto similar ao de um espelho. A Diamantagem permite fazer desenhos poligonais nas extremidades da roda, dando ao acessório do veículo muita personalidade.

Para caprichar ainda mais, é aplicado um verniz transparente para proteger as peças e oferecer mais brilho.

Plotagem

A Plotagem é para aquelas pessoas que querem as rodas do automóvel personalizadas, mas sem deixar de lado as características originais.

A técnica funciona da seguinte maneira: um desvio da cor e da textura é aplicado sobre a roda. Isso a deixa com um aspecto mais próximo a uma pintura.

A Plotagem permite ao proprietário vender o automóvel sem problemas, já que dá para retirar a aplicação das rodas e com isso elas continuarão novas em folha.

Cromagem

A Cromagem é outro processo de pintura de rodas que serve para mudar o  estilo do veículo. A técnica dá brilho e serve como personalização decorativa. A vantagem é que é possível proteger as rodas contra a corrosão.

Para fazer a cromagem, é preciso limpar as rodas do veículo utilizando processos químicos com banhos de cobre, cromo e níquel.

Uma vantagem dessa técnica em relação a diamantagem, é que a cromagem é realizada com qualquer tipo de material.

Quais os danos que podem ocorrer na pintura de rodas?

Antes de pintar as rodas do seu automóvel, pesquise sobre o tipo de tinta. Existem algumas especiais que são importadas e que se parecem com o cromado. No entanto, o custo final do trabalho pode ser mais caro.

Além disso, as rodas cromadas são mais difíceis de voltar ao brilho original. Isso acontece porque no Brasil ainda não há profissionais que fazem esse tipo de serviço com durabilidade e qualidade.

Portanto, fique atento na hora de personalizar seu carro!

Quanto custa para pintar as rodas?

O trabalho de pintura e personalização de rodas pode custar de R$ 100,00 a R$200,00 por roda, dependendo do tipo de serviço e da complexidade.

Se você fizer o trabalho por conta própria, pode economizar com a mão de obra e ter um custo de apenas R$ 100,00 com produtos de customização.

Agora você já sabe que a pintura de rodas é uma técnica barata e que é possível dar um toque especial ao seu carro! Gostou do nosso conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários!

Caroline Beluque

Graduada em Publicidade e Propaganda com 21 anos, Caroline é Web Writter da empresa Connect Parts.

Comments (2)

  1. Ricardo Pereira disse:

    Muito TOP o artigo de vcs, vou passar a seguir, estao de parabéns pessoal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *