Home » Banner Principal Home Page » Conheça os tipos de cinto de segurança automotivo

Conheça os tipos de cinto de segurança automotivo

O cinto de segurança automotivo é essencial para andar com tranquilidade no automóvel. O acessório é um dos itens de segurança que reduz o impacto em uma batida e não permite que os ocupantes do carro tenham ferimentos mais graves durante um acidente.

Inventado no final do século XIX, o cinto era usado para bombeiros, pintores e outros trabalhadores. No entanto, com o passar do tempo, os cintos de segurança chegaram ao mundo dos automóveis e se tornaram obrigatórios em vários países.

Mas você conhece os tipos de cinto de segurança automotivo? No artigo de hoje vamos falar um pouco sobre o assunto.

Quer ficar por dentro? Acompanhe nosso post!

Cinto de segurança automotivo de 2 Pontos

O cinto de segurança automotivo de 2 pontos é o primeiro cinto moderno. Nos anos 80, os veículos populares contavam com esse tipo de cinto nos bancos traseiros e frontais. O equipamento protege a cintura e impede que o corpo se mova para a frente em freadas bruscas ou durante uma colisão.

Porém, com o passar dos anos, surgiram algumas evidências de que o cinto de segurança automotivo de 2 pontos causava a síndrome do cinto de segurança, um problema que afeta a coluna lombar.

Por esse motivo, foi feita uma reforma nas normas de trânsito, e hoje em dia países desenvolvidos exigem, no mínimo, cintos de 3 pontos, ou seja, os de 2 pontos não são mais utilizados.

Cinto de segurança automotivo de 3 pontos

O cinto de segurança automotivo de 3 pontos tem a forma de Y e envolve o tórax, a bacia e os ombros. A Volvo foi a primeira fábrica a introduzir a produção deste cinto, em 1959. O primeiro carro com esse tipo de cinto foi um Volvo PV 544 1959, depois veio o Volvo 122.

Esse cinto de segurança automotivo é o que dá mais proteção, pois ao ser distribuída, a força do impacto é absorvida por toda a área de contato do corpo humano.

Para usar o acessório de forma correta, é preciso sentar com a coluna ereta e fazer um ângulo de noventa graus. Assim, o cinto passa pelo meio do ombro até a coluna vertebral e se engata no quadril. O cinto pode também ser usado nas articulações do quadril.

Cintos de segurança automotivo de 4, 5, e 6 pontos

O cinto de segurança automotivo de 4 pontos é utilizado em jipes, carros de Track Day e arrancada. O equipamento evita lesões graves em caso de capotamento do veículo ou colisões.

O cinto de segurança automotivo de 5 pontos é encontrado nas corridas de carros e assentos infantis. Além de oferecer proteção dupla aos ombros, o equipamento liga a correia entre as pernas do ocupante do automóvel.

Já o cinto de segurança automotivo de 6 pontos se tornou popular após a morte do piloto da Nascar Dale Earnhardt, que morreu devido a um acidente e estava utilizando um cinto de 5 pontos.

Na época, a perícia indicou que o cinto tinha quebrado o pescoço do piloto com o impacto da batida. Por esse motivo, atualmente os pilotos de corrida utilizam cinto de 6 pontos, que oferece o mesmo conforto que o cinto de 5 pontos, mas com uma cinta adicional entre as pernas. Tudo para dar a máxima proteção para quem gosta de velocidade.

Quais as vantagens do cinto de segurança automotivo?

São várias as vantagens de utilizar o cinto de segurança automotivo. O de 2 pontos protege o condutor e os demais ocupantes do veículo de situações que podem projetar o corpo para frente.

O cinto de segurança automotivo de 3 pontos retém melhor o ocupante em sua posição e propicia uma distância maior entre as partes mais rígidas do carro. O acessório protege regiões como tórax e a cabeça, que geralmente sofrem com os impactos das batidas. Além disso, esse item de segurança permite o uso de tecnologias como o pré-tensionador, encontrada em veículos equipados com airbag.

O cinto de 4 pontos pode ser usado para competições. Ele é ideal para bancos esportivos, pois oferece proteção sub-abdominal e nos ombros. O de 5 pontos tem como vantagem a proteção dos ombros, pernas e abdômen. Ele é ótimo para dar conforto à crianças no veículo e também muito utilizado em competições.

Já o cinto de segurança automotivo de seis pontos oferece a mesma proteção que o de 5 pontos, mas com a vantagem de que possui dois cintos na mesma direção, ou seja, há uma espécie de dupla proteção nas pernas, no abdômen e nos ombros.

Viu como é importante conhecer cada cinto de segurança automotivo? Agora você já pode escolher o modelo que mais se encaixa em suas necessidades!

Compartilhe nosso post em suas redes sociais e deixe seus amigos por dentro do assunto!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0