Home » Banner Principal Home Page » 4 dicas para dirigir em estrada de terra

4 dicas para dirigir em estrada de terra

A maior dificuldade de dirigir em estrada de terra se dá por conta da aderência dos pneus a esse tipo de solo. Em geral, ela  é muito ruim, o que exige do motorista uma série de precauções e cuidados, pois há o risco de derrapagem e de perda do controle do carro.

Se você tem uma viagem em vista e sabe que vai precisar encarar uma estrada de terra, vale a pena estar preparado para qualquer situação, desde possíveis deslizamentos até atolamentos. Neste post, ajudamos você com esse assunto, dando dicas de como seguir viagem com toda a segurança.

1. Encontre um equilíbrio para a velocidade

Como já dissemos, a aderência é muito ruim na estrada de terra, o que faz com que seja arriscado aumentar a velocidade. A depender do tamanho dos sulcos que os carros vão deixando pelo caminho, há o risco de você acabar derrapando ou mesmo atolando, se decidir correr.

Por outro lado, se estiver muito devagar, o carro perde potência e pode acabar atolando mesmo assim. O ideal é usar a marcha com mais equilíbrio, combinando velocidade constante e leveza sobre o solo.

2. Fique atento às curvas da estrada de terra

Em uma situação dessa, muitos motoristas tendem a frear bruscamente, o que pode ser um risco para o controle do carro. O ideal é sempre reduzir, quando tiver que fazer uma curva ou mesmo quando estiver encarando uma descida, e passar pelo trecho com bastante cuidado.

Carros que não têm tração nas quatro rodas, como é o caso da maioria dos carros de passeio, podem sofrer um pouco mais nesses trechos. Se perceber que acabou forçando demais, pare, verifique a temperatura e se não há nenhum barulho estranho no motor e na suspensão antes de seguir viagem.

3. Escolha o pneu mais adequado para esse tipo de estrada

Existem pneus que se adaptam bem ao asfalto e às estradas de terra. É o caso do pneu misto, que não é difícil de encontrar e tem custo bem próximo ao do pneu comum. A vantagem da peça é que você conquista maior dirigibilidade e consegue controlar melhor o carro. Essa dica é indicada para aqueles motoristas que costumam passar os fins de semanas em chácaras ou sítios, mas utilizam o carro durante a semana na cidade. Com o pneu você consegue o melhor dos dois mundos e ainda cuida da sua segurança.

Além disso, você vai perceber que o pneu conseguirá se adaptar melhor ao atrito, seja no asfalto, seja na terra. E, claro, faça sempre a revisão do veículo, sobretudo antes de viajar e garanta a sua segurança e de quem estiver viajando com você.

4. Vá devagar caso chova

A menos que você esteja com um pneu misto, só o fato de estar dirigindo em uma estrada de terra já terá comprometido a aderência dos pneus ao solo. Chovendo, então, a aderência ficará muito pior. Uma boa ideia é já verificar, antecipadamente, como estará o tempo no dia da viagem para já ir preparado para o que vier.

Em uma situação dessa, é sempre válido reduzir a velocidade e usar marchas que tenham um torque maior — da segunda para cima. Se o carro ficar atolado, saia do veículo e peça para os demais passageiros saírem também. Em seguida, verifique qual a profundidade em que o carro atolou, tente tirar o excesso de lama e adapte uma rampa com madeira ou outro material resistente.

Evite acelerar demais, pois, com isso, o carro pode atolar ainda mais. Se tiver tentado desatolar e não teve jeito, será preciso providenciar um reboque.

E aí? Está se sentindo mais seguro para encarar uma estrada de terra? Já passou por alguma situação em que essas dicas fizeram falta? Conte para nós aqui nos comentários.

Caroline Beluque

Graduada em Publicidade e Propaganda com 21 anos, Caroline é Web Writter da empresa Connect Parts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *